HUB seleciona perfis com mais de 60 anos para novo estudo da vacina chinesa

(foto: divulgação)

Hospital amplia critérios para incluir voluntários na fase 3 de testes

A ampliação no perfil de voluntários para os ensaios clínicos da CoronaVac foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Agora, os profissionais de saúde do Distrito Federal com mais de 60 anos e também aqueles que já foram infectados pela Covid-19, podem se inscrever para participar do estudo de fase 3 da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

Pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) juntamente com o Hospital Universitário de Brasília (HUB) estão responsáveis pelos ensaios clínicos de fase 3 da vacina que já foi aplicada em 700 pessoas da capital sem intercorrências significativas. 

Esta é a última etapa de pesquisas para demonstrar a eficácia, confirmar a segurança e, em seguida, obter registro sanitário para disponibilização à população. É previsto que no DF, 852 voluntários participem dos testes que, até então, só estavam disponíveis para pessoas com até 59 anos e sem contato prévio com o vírus. 

Os interessados ​​devem fazer o pré-cadastro na plataforma online do Butantan e preencher a ficha de triagem e avaliação dos dados pessoais dos candidatos. Para participar, o voluntário deve ter mais de 18 anos; ser profissional de saúde que trabalhe atendendo pessoas com Covid-19; ter registro no conselho profissional regional; não apresentar doença crônica; não participar de outro ensaio clínico; e, se for mulher, não estar gestante. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *