Efeitos da covid-19 podem durar até três meses no corpo

De acordo com Oxford, os problemas podem persistir por pelo mesmo 90 dias

 (crédito: AFP / OSCAR DEL POZO)
AFP / OSCAR DEL POZO

Os efeitos provocados pela covid-19 podem se estender por, pelo menos, três meses após a infecção no organismo humano, de acordo com um estudo britânico. Os pesquisadores acompanharam um grupo de mais de 50 pacientes após alta hospitalar e observaram que a maioria do grupo apresentou problemas como falta de ar, fadiga, ansiedade e depressão, além de anormalidades em órgãos, como pulmões e rins.

Na pesquisa, os cientistas acompanharam a evolução de 58 pacientes com covid-19 que apresentaram quadros clínicos de moderado a grave e precisaram ser hospitalizados. Todos testaram positivo para o exame PCR e foram internados no Hospital da Universidade de Oxford (OUH), de março a maio de 2020.

Todos os analisados foram submetidos à ressonância magnética (MRI) do cérebro, pulmões, coração, fígado e rins, além de um exame de espirometria, que avalia a função pulmonar. Além de um teste de caminhada de seis minutos e uma análise cardiopulmonar de exercício.

“Anormalidades de órgãos foram registradas mesmo em pacientes que não estavam gravemente enfermos ao serem admitidos no hospital”, destacou Betty Raman, líder do estudo e pesquisadora da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em um comunicado emitido pela instituição de ensino.

Os especialistas acreditam que uma inflamação persistente pode ser a explicação para esse quadro clínico. Os dados foram apresentados em um estudo publicado no repositório on-line de pesquisas científicas Medrxiv e ainda não foram submetidos a revisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *