Secretário de Transporte do DF é alvo da PF em Operação Gaveteiro

A ação é contra desvios no Dnit somados em pelo menos 40 milhões

PF cumpre nesta quinta-feira, 3, um mandado de busca e apreensão na casa do Secretário de Transportes do Distrito Federal, Valter Casimiro. A  Operação Gaveteiro está em sua segunda fase e apura fraudes de R$ 50.473.262,80 no Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) por meio de contratação irregular no Ministério do Trabalho.

Segundo as investigações, o dinheiro desviado pelo secretário é referente a três contratos com uma empresa de TI que foram firmados entre 2012 e 2019. A Polícia Federal cumpre 44 mandados de busca e apreensão no DF e em mais três estados. Nove suspeitos já foram presos. Além dessas medidas, a Justiça Federal também determinou o bloqueio de cerca de R$ 40 milhões nas contas dos investigados, bem como o sequestro de seis imóveis e 11 veículos.

Equipes da PF foram por volta das 7h da manhã a sede do Dnit, em Brasília, colher documentos e materiais, que constatou um esquema que envolvia empregados e revendedores da empresa.

Através de uma nota de esclarecimento, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes informou que Valter Casimiro, está em viagem à serviço e ainda não tomou conhecimento da investigação. Quando retornar, irá prestar todos os esclarecimentos necessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *