DF cogita isenção de imposto sob remédio mais caro do mundo

Medicamento custa cerca de R$ 12 milhões


O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (DEM), encaminhou à Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) nesta quarta-feira, 23, o Projeto de Lei Kiara Lis (PL). A PL prevê a isenção de impostos sobre o medicamento Zolgensma, considerado o mais caro do mundo.


Zolgensma é destinado ao tratamento AME (Atrofia Muscular Espinal) e custa U$ 2 milhões, custando cerca de R$ 12 milhões e, se descontando os impostos, cai para cerca de R$ 10,9 milhões. A recomendação do governo é que o projeto seja executado com urgência, sendo a isenção prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA).


O projeto também prevê isenção de 17% para o medicamento Spinraza, também utilizado no tratamento AME, que pode valer em média R$ 1,3 milhão.

Kyara Foto: Reprodução/Instragram

Cure a Kyara

A lei foi batizada em homenagem à Kyara Lis, menina de 1 ano diagnosticada com AME que ganhou uma liga solidária no Cartola, jogo online relacionado aos jogos de futebol do Campeonato Brasileiro, para ajudá-la a comprar Zolgensma, que salvaria sua vida. De acordo com a última atualização, o valor que ainda falta é de R$ 8 milhões. Para ajudar Kyara, os interessados pode acessar a página no Instagram e faça sua doação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *