Lacen-DF faz vistoria em produtos de combate ao Coronavírus

A intenção é avaliar a qualidade dos itens que estão no mercado.

 Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, a procura por álcool em gel 70% e hipoclorito de sódio (composto da água sanitária), tem crescido bastante, assim como a demanda de análises feitas pelo Núcleo de Medicamentos e Toxicologia do Laboratório Central (Lacen-DF). 

O laboratório é o responsável pelo controle de qualidade e análise de produtos voltados para saúde, a fim de eliminar possíveis danos e riscos aos cidadãos. O Lacen recebe apenas demandas provenientes da Anvisa e da Vigilância Sanitária e as amostras são frutos de programas de monitoramento realizados por ambos os órgãos.  

No cenário atual de pandemia, este serviço torna-se essencial “principalmente com relação aos saneamentos e álcool em gel, porque são produtos muito usados na prevenção da Covid-19”, ressalta o gerente de Medicamentos e Toxicologia do Lacen-DF, Rodrigo Filgueiras. 

Quando a análise é feita, é possível comprovar se o produto possui a qualificação exigida pelas normas vigentes e se ele vai realmente ser útil. E, caso a mercadoria não passe pelo controle de qualidade, é possível retirá-la do mercado para preservar a saúde e segurança da população. 

Com informações da Secretaria de Saúde. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *