Aeroporto de Brasília têm quedas no número de passageiros

Inframerica prevê aumento em agosto.

Foto: Felipe Menezes/ Divulgação

O Aeroporto Internacional de Brasília – Juscelino Kubitschek encerrou o primeiro semestre de 2020 com queda de 51,2% no número de passageiros comparado com o mesmo período do ano passado. A queda é resultado da pandemia do novo coronavírus. 

De acordo com a Inframerica, concessionária responsável pelo aeroporto, foram registrados 3,96 milhões de passageiros em 38,5 mil pousos e decolagens. Entretanto, a administradora conclui que a retomada do aeroporto está acontecendo gradualmente e prevê, para agosto, um aumento de 58% nos voos e passageiros. 

No momento, Brasília está conectada à 35 cidades brasileiras, são elas:

  • Região Sul: Curitiba; Porto Alegre; Florianópolis
  • Região Sudeste: São Paulo (Congonhas Guarulhos e Campinas); Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão); Belo Horizonte; Vitória; São José do Rio Preto; Uberlândia
  • Região Nordeste: Fortaleza; Salvador; Recife; São Luiz; Teresina; Barreiras; João Pessoa; Maceió; Aracaju; Imperatriz; Natal
  • Região Centro Oeste: Cuiabá; Goiânia; Campo Grande
  • Região Norte: Manaus; Santarém; Belém; Rio Branco; Macapá; Marabá; Porto Velho; Boa Vista; Palmas; Araguaína; 

    Para a segurança diante o novo coronavírus, o aeroporto adotou uma série de medidas como: 

  • Medidor de temperatura
  • Pontos de álcool em gel
  • Intensificação da limpeza do terminal
  • Sinalização para distanciamento em filas
  • Divisores de acrílico em diversos pontos
  • Uso obrigatório de máscara 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *