Unidades de Saúde apresentam déficit de funcionários e aparatos necessários

Documento relata o resultado das investigações no funcionamento do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) e outras Unidades de Saúde

O Diário Oficial do Distrito Federal (DO-DF), divulgou nesta quarta-feira (06), o resultado de uma investigação sobre o funcionamento das Unidades de Saúde. O Hospital Regional de Taguatinga (HRT) foi um dos órgãos investigados, no qual haviam relatos da falta de profissionais, insumos, matérias, serviços de manutenção e compra de equipamentos, além das dificuldades de fluxo e contrafluxo dos ambulatórios que prejudicam cirurgias eletivas e funcionamento reprimido.

Por meio das investigações, ainda, foram constatadas que as dificuldades apresentadas no HRT, não é exclusividade do local. As unidades de saúde das diversas Regiões, também apresentaram os mesmos déficits relatados acima.

Segundo a resolução de n° 465 de 04 de outubro de 2017, as unidades de atendimento primário, devem ser consideradas prioridade para a Secretária de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF).

O Diário Oficial apresentou ainda, que a Superintendência Regional de Saúde, não tem condições suficientes para suprir todas as necessidades, mas que, devem assegurar o funcionamento pleno das unidades de saúde.

Por: Mariana Araujo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *