Deputado Roosevelt Vilela cria frente parlamentar da construção civil

Agora o setor terá mais políticas públicas

Na noite desta terça-feira, acontecerá, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), uma sessão solene para o lançamento da Frente Parlamentar da Construção Civil. O presidente da Frente, deputado Roosevelt Vilela (PSB), irá realizar a sessão no Auditório do Sindicato da Indústria  da Construção Civil do DF (Sinduscon – DF).

Quando o setor da construção civil para, a economia e o índice de desemprego são impactados. No Brasil, apenas 6,2% de toda atividade econômica local vem desse segmento. No DF, o índice é de 3%. Em dados publicados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), um pouco mais de 60 mil trabalhadores estão empregados no setor, e, só neste ano, ele criou mais de 3,2 mil vagas.

Com o firmamento da Frente, ela terá de ampliar os debates para a criação de políticas públicas no setor, além de aprimorar a legislação atual. Para o imobiliário Eduardo Meneses (61), a Frente vem como um auxilio no ramo: “A especulação do mercado imobiliário daqui (DF) tem tido muitas nuances nos últimos anos. Acho que com a Frente poderemos ter a valorização de vários bairros, e tudo com a ajuda do governo”.

Para Roosevelt, o desenvolvimento econômico do DF está ligado à construção civil. “O Legislativo tem o papel de contribuir para alavancar o setor da Construção Civil, seja por meio de proposição de leis, articulação junto ao governo, além de ouvir os anseios do setor”, afirma Roosevelt Vilela.

Por Yasmin Ibrahim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *