Arrecadação de fundos para creche na Cidade Estrutural

Câmara de Dirigentes Lojistas promove feijoada para 75 crianças em situação de vulnerabilidade social na Casa de Paternidade

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Com o objetivo de arrecadar fundos para a creche Casa de Paternidade, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) promoveu neste domingo (10), a 21ª Feijoada Sorriso Aberto. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha e a primeira-dama, Mayara Noronha prestigiaram o evento.

“Me solidarizo com a causa daqueles que mais precisam”, declarou o governador na abertura do evento. “Governo é para quem precisa, para pobre, rico, basta não atrapalhar. Tenho cumprido isso ao longo desses dez meses cuidando das pessoas mais carentes.”

A primeira-dama Mayara Noronha destacou que o governo vai batalhar e buscar projetos para apoiar crianças e jovens, reforçando a questão da dignidade. “Espero que seja um Natal solidário muito maior do que vocês viram ao longo dos anos na CDFL”, disse. Ela elogiou também a diretora da Casa de Paternidade, Juliana Cardoso, pelo trabalho desenvolvido na Estrutural: “Admiro você, Juliana, ceder sua força de mulher e se disponibilizar para tantas famílias”.

Serviços ampliados

A Casa de Paternidade atende 75 crianças de quatro meses a seis anos há oito anos. A instituição espera que com o valor arrecadado no evento, seja possível construir duas salas e ampliar a oferta de atendimento para mais 130 crianças. “Atendemos em um lugar fora da realidade dessas crianças”, explicou a diretora da creche, Juliana Cardoso. “Temos uma estrutura que é diferente do que elas têm em casa. Assim, tentamos proporcionar boas oportunidades, para que elas possam sorrir, que não fiquem na rua e corram riscos”.

O presidente da CDL Jovem, Ítalo Portela, a iniciativa do GDF reforça o foco nos objetivos da entidade representativa. “Acreditamos no empreendedorismo como mola-mestra para alcançar o Brasil que queremos”, destacou. “É ele que vai ter condições de ajudar, dar um impulso a quem só precisa de um empurrão para mudar de vida”.

*Com informações da Agência Brasília

Por Gabryel Jackson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *