Samu ampliará sua assistência com sete novas bases

Foto: Divulgação/Saúde

Intuito é descentralizar e capilarizar o serviço, segundo diretor do Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ganhará sete bases em diferentes regiões do Distrito Federal,  e uma das existentes, no Setor QNG, em Taguatinga, ganhará nova estrutura. Com essas oito unidades, o serviço estará presente em mais pontos estratégicos do DF.

Segundo informações da Secretaria de Saúde (SES), serão investidos para a construção das novas bases R$ 2.736.000, ou seja, cada unidade sairá por R$ 342 mil e seguirá o padrão estabelecido pelo Ministério da Saúde.

“Com a instalação dessas bases, queremos fazer a descentralização do Samu e capilarizar ainda mais o serviço. Assim, poderemos melhorar nosso tempo de resposta e garantir assistência ao cidadão”, destaca o diretor do Samu, Alexandre Garcia.

As bases do Samu, são locais onde as equipes ficam de prontidão para atender aos chamados da população. Elas são equipadas com espaço de repouso para os servidores, banheiros, área administrativa e garagem para os veículos de socorro.

Atualmente o Samu do Distrito Federal possui sete Núcleos de Atendimento Pré-hospitalar e a partir deles, ocorrem as ramificações do serviço nas regiões administrativas, com bases menores. Mensalmente, o órgão realiza uma média de 6 mil atendimentos.

Por: Maryanna Aguiar 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *