Cresce o risco de doenças no DF

Índices de umidade abaixo do limite mínimo podem provocar doenças no sistema respiratório.

Com o clima seco, as altas temperaturas e a baixa umidade podem ocasionar diversos problemas na saúde do brasiliense. Doenças no sistema respiratório, como a pneumonia; queda da pressão arterial; desidratação; doenças de pele e oftalmológicas são alguns dos exemplos dos males que podem afetar a vida dos moradores da capital federal.

Os termômetros no Distrito Federal marcaram, nesta quarta-feira (4),
temperatura de 34ºC. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a umidade do ar chegou a 8% e a tendência é que essas condições se mantenham nos próximos dias. Hoje, Brasília completa 95 dias sem chuva.

Um aviso vermelho foi emitido para a capital, pois o nível de umidade
abaixo dos 12% pede que essa medida seja adotada. Isso porque as
autoridades de Defesa Civil devem tomar decisões que evitem o desconforto para a saúde da população e, também, que possam prevenir e combater as queimadas. O limite mínimo ideal, estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é de 30%.

O fenômeno é causado por uma massa seca e uma quente que está
estacionada na região central. A situação deve permanecer assim por mais
seis ou dez dias. Esse cenário, com temperatura elevada e baixa umidade, faz parte do padrão climático comum nesta época do ano no DF.

Segundo pneumologistas, é importante que os moradores se mantenham
hidratados para evitar os problemas de saúde causados pela seca. Além disso, deve-se evitar a exposição ao sol e evitar atividades físicas no horário entre 11h e 16h. É recomendado vestir roupas leves e utilizar um umidificador de ambiente em casa.

*Com informações da Agência Brasil

Por Mariana Albernaz

One thought on “Cresce o risco de doenças no DF

  • 19 de setembro de 2019 em 11:34
    Permalink

    realmente nesse tempo não tem outra kkkkkkk, é garrafinha e soro pra nariz

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *