Programa Feira Legal irá modernizar e legalizar espaços no Distrito Federal

O programa irá fortalecer esses ambientes com tecnologia, segurança jurídica e desenvolvimento econômico.

Foto: Agência Brasília

Os espaços utilizados para o comércio de vestuário, gastronomia e cultura, passam por uma mudança bastante relevante. O novo programa do Governo do Distrito Federal (GDF), o Feira Legal, lançado nesta terça-feira (03), em solenidade no Palácio do Buriti, e promete fortalecer esses espaços com tecnologia, segurança jurídica e desenvolvimento econômico.

“O intuito é não perder a tradição das feiras e, ao mesmo tempo, atualizá-las com as tendências de mercado. Vai ser um marco histórico para o Distrito Federal”, declarou o secretário executivo das cidades, Gustavo Aires.

Estima-se que, ao todo, 20 mil comerciantes de 38 feiras permanentes e 3 shoppings populares serão amparados pelo programa. A princípio, o projeto será destinado às feiras: da Torre de TV, Sobradinho, Gama, Núcleo Bandeirante, Planaltina, Guariroba, Ceilândia, Guará, Cruzeiro, São Sebastião. Em um segundo momento, ele será ampliado para outros espaços.

O Feira Legal é mais uma ação integrada entre diversas secretarias do GDF e envolve as pastas de Projetos Especiais; Ciência, Tecnologia e Inovação; Economia; e Cidades e Governo, além do Banco de Brasília (BRB). 

Por Maryanna Aguiar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *