Obras no viaduto da EPTG/EPCT entram em fase final

Após conclusão da obra, haverá 11 faixas para circulação de veículos.

Foto: Agência Brasília

A obra que promete facilitar a vida de quem passa pela trecho da EPTG em Taguatinga Centro, avançou para sua fase final: a de concretagem pavimentação e sinalização do viaduto. A previsão é de que se use 2 mil metros cúbicos de concreto, o equivalente a 250 caminhões betoneira cheios, e aproximadamente 220 toneladas de aço.

Após a conclusão, os viadutos serão unificados, e terão 41 metros de largura e 11 faixas para circulação de veículos: 5 para o sentido Plano Piloto, 4 para o sentido Taguatinga e 2 centrais para travessia de ônibus.
O Secretário de Obras do DF, Izídio Santos, disse que “A conclusão do alargamento do viaduto vai desafogar o trânsito para os mais de 135 mil veículos que trafegam diariamente por este trecho”, e também citou que existem outras obras, que visam melhorar o trânsito de Taguatinga, prestes a sair do papel.

Os serviços estão sendo realizados o vão central, que possui 19 metros de largura atualmente, e custou R$ 5,6 milhões. O subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras, Sérgio Lemos, disse que, tendo em vista o ritmo dos serviços até então, a expectativa é entregar a obra o mais breve possível.

Por Breno Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *