Empresários do DF e entorno terão mais R$ 140 milhões para financiar projetos

Recursos extras do FCO foram liberados durante reunião nesta semana

Nesta semana, foi decidido que os empresários do Distrito Federal e da Região Integrada do DF e entorno (Ride) terão uma linha de crédito extra para financiar seus projetos, estimada em R$ 140 milhões.

 A decisão foi tomada durante a 12ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco). O secretário de Desenvolvimento Econômico do DF (SDE), Ruy Coutinho, também participou do evento.

A linha de crédito ampliará no DF o total de financiamento para novos e antigos empreendimentos. Inicialmente, era previsto o uso de R$ 702 milhões – o equivalente a 10% de todo o orçamento do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO). Atualmente, são previstos R$ 842 milhões, de um total de R$ 8,5 bilhões a serem usados pelos estados da região.

Esses recursos extras do FCO serão usados para financiar empreendimentos já aprovados pela SDE. Estes projetos vão precisar de, pelo menos, R$ 100 milhões para serem implementados.

“Essa ampliação revela os primeiros sinais de que a economia começou a se recuperar no DF”, disse Espedito Henrique de Souza Junior, secretário Executivo da SDE (responsável pelas subsecretarias de Relação com o Setor Produtivo, de Programas e Incentivos Econômicos, e de Apoio as áreas de Desenvolvimento Econômico). 

Segundo o relatório de resultados do FCO em 2018, a previsão era de R$ 9,75 bilhões de reais disponíveis para uso dos governos estaduais no fomento a atividade produtiva (sendo R$ 679 milhões para o uso do GDF). O fundo terminou o ano usando R$ 9,92 bilhões, 2,2% a mais do que o previsto.

Por Thalita Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *