Curso teórico gratuito para tirar CNH

Detran oferece, em outubro, a parte teórica do processo.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) abriu, nesta terça-feira (24), inscrições gratuitas para a realização da fase teórica do processo de habilitação. O processo é para alunos da rede pública de ensino, que desejam tirar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Estão inclusos os exames médicos e psicotécnicos, as aulas teóricas e a prova teórica.

Para se inscrever, o aluno precisa ter idade entre 18 e 35 anos e estar regularmente matriculado em turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino Médio ou Educação Profissional. As inscrições estarão disponíveis até às 23h59 de hoje (25). O resultado será divulgado a partir das 18h de sexta-feira (27). O curso é resultado de parceria com clínicas credenciadas e Centros de Formação de Condutores (CFCs) que aderiram ao projeto Instituição Parceira, que faz parte do programa Reformulação Pedagógica.

A entrega da documentação será feita nos dias 7, 8 e 9 de outubro, das 8h às 17h. As aulas teóricas acontecerão de 15 de outubro a 6 de novembro, sendo ministradas pelos professores da Escola Pública de Trânsito. As instituições parceiras oferecerão os exames médicos e psicológicos e a biometria das aulas. A prova teórica, aplicada no dia 4 de novembro às 14h, também será realizada no Detran. Haverá um reteste no dia 6 de novembro.  

Caso o número de inscritos ultrapasse as 30 vagas, serão adotados os seguintes critérios para a aceitação: comprovação de inscrição no Cadastro Único dos Programas Sociais (CADÚnico), idade mais avançada e estar em situação de desemprego por mais tempo. Se persistir o empate entre os candidatos, será realizado um sorteio entre eles. Todas as regras e condições da seleção estão dispostas em edital, disponível no site do Detran.

Com estas aulas, o Detran poderá testar os objetivos e desempenhos da nova metodologia a ser implementada no início de 2020, nos cursos de formação de condutores, por todos os CFCs do Distrito Federal.

**Com informações da Agência Brasília

Por: Mariana Albernaz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *