Adasa cria resolução para regular o abastecimento

Cidades que dependem de mananciais com pouca disponibilidade hídrica serão contempladas.

A resolução, anunciada nesta segunda-feira (30) pelo diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Paulo Salles, diz que moradores de Sobradinho, Planaltina, Fercal, São Sebastião e Brazlândia já podem contar com a medida. O documento prevê manter o abastecimento de água sem eventuais problemas.

Na época de estiagem, as cidades citadas dependem de mananciais com pouca disponibilidade hídrica. O ato normativo serve para disciplinar a interrupção não programada de abastecimento de água nestas localidades. A resolução entrará em vigor nesta terça-feira (1/10), após publicação no Diário Oficial do DF.

A Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), de acordo com a resolução, é autorizada a reduzir a pressão da rede de distribuição de água ou interromper, parcialmente, o abastecimento. Para isso, deve apresentar à Adasa as datas de vigência da ação, as localidades atingidas, as justificativas técnicas e a programação, tudo isso com 48 horas de antecedência.

A redução da pressão da água ou a interrupção do abastecimento será em sistema de rodízio, não devendo exceder o prazo de 24 horas. As medidas restritivas serão implantadas somente quando (e se) a vazão dos mananciais ficar abaixo do limite considerado necessário para o atendimento de todas as localidades.

*Com informações da Agência Brasília

Por Mariana Albernaz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *