Secretaria de Saúde do DF disponibiliza 19 animais para adoção

A Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal possui dez gatos e nove cães para adoção, todos sem raça definida. Aqueles que desejam adotar um bichinho devem comparecer à Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), portando documento de identificação com foto. 

Para a adoção ser realizada, é necessário que o cidadão tenha mais de 21 anos de idade e assinar um termo de responsabilidade comprometendo-se a cuidar bem do animal. 

Dos cães disponíveis, uma cadela está com dois filhotes, e só pode ser adotada com eles – ou então daqui a 15 dias, quando os cachorrinhos estarão desmamados.

O gerente de Zoonoses da Dival, Jadir Costa, explica que a adoção de um animal é uma decisão séria. “Ele viverá, em média, 15 anos e precisará de cuidados veterinários, atenção e amor”.

No momento da adoção, o cidadão vai receber as orientações sobre a guarda responsável de animais domésticos e as medidas de prevenção e controle de doenças. Quem adotar precisa aplicar as vacinas necessárias e administrar vermífugo, além de remédio contra pulgas e carrapatos. Também é necessário realizar exames anuais.

Quando chegam à Dival, os animais ficam em observação por 10 dias e são vacinados contra a raiva. Os cães também fazem testes para identificar possíveis casos de leishmaniose.

* Com informações da Secretaria de Saúde.

Por Thalita Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *