Secretaria de Educação apresenta plano e site temático do Novo Ensino Médio

Professores se reuniram nesta terça-feira (27) para conhecer projeto-piloto e debater sobre o modelo.

Foto: Divulgação (Secretaria de Educação)

O Governo do Distrito Federal (GDF) apresentou, nesta terça-feira (27), o plano de implementação do modelo do Novo Ensino Médio aos gestores das escolas e coordenadores regionais de ensino. Os profissionais da educação se reuniram na Escola de Música de Brasília para conferir a proposta.

No evento, também foi lançada a página do Novo Ensino Médio, com informações sobre a organização; o processo de construção, que teve a participação do corpo docente, dos estudantes e da sociedade; legislação sobre o tema; publicações; vídeos institucionais; e notícias, entre outros pontos.

14 escolas do Distrito Federal manifestaram vontade em implementar um projeto-piloto de reformulação desta etapa da educação básica. A Secretaria de Educação pretende começar realizando o piloto em 4 ou 5 escolas, que serão selecionadas entre as interessadas. A lista das unidades escolares contempladas tem previsão de ser divulgada na primeira quinzena de setembro.

O Distrito Federal tem, atualmente, 92 unidades escolares que ofertam o Ensino Médio. Todas puderam participar das discussões do novo modelo, que vem ocorrendo desde 2016. O Novo Ensino Médio será implementado no DF de forma gradativa, começando pelo piloto, em 2020, para as turmas de 1º ano. Em 2022, todas as escolas da rede pública estarão adaptadas para o modelo em construção.

A primeira mudança é que o regime de oferta passa a ser semestral, ou seja, os três anos serão divididos em seis semestres letivos. A carga horária das aulas no ensino médio também será unificada e funcionará por meio de créditos. Além disso, a matrícula será feita por unidade curricular.

“O Novo Ensino Médio é um marco da inovação no Distrito Federal. É uma proposta totalmente aderente ao atual momento da sociedade, com a flexibilização da escolha do conhecimento que considera as diversidades dos indivíduos”, ressaltou o subsecretário de Educação Básica da Secretaria de Educação (SEEDF), Hélber Vieira.

A carga horária total do Novo Ensino Médio será de três mil horas por ano, dividida em dois blocos. O primeiro será de Formação Geral Básica (FGB) com 1.800 horas, que englobará as quatro áreas do conhecimento e será comum para todos os estudantes.

* Com informações da Secretaria de Educação

Por Thalita Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *