Hospitais recebem doação de monitores e desfibriladores

Equipamentos foram doados pelo Ministério da Saúde e irá possibilitar a reabertura de leitos no DF

Foto: Mariana Raphael (SESDF)

A Secretaria de Saúde recebeu, nesta quarta-feira (28), a doação de 80 monitores e 47 desfibriladores do Ministério da Saúde, por meio da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP). Os equipamentos permitirão a reabertura de leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e fortalecerão a estrutura de todos os centros obstétricos da rede pública de saúde do Distrito Federal.

No DF teremos a possibilidade de abrir de 47 a 50 leitos de UTI, que apenas aguardavam esses equipamentos para voltar a funcionar. Já temos o levantamento das unidades que irão receber e a primeira é o Hospital Regional do Gama, onde serão reabertos quatro leitos.

Anúncio do secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

Além do Hospital Regional do Gama, na primeira etapa de entregas serão contemplados o Hospital da Região Leste (antigo Hospital Regional do Paranoá), onde serão reabertos cinco leitos, e o Hospital Materno Infantil de Brasília, com a reabertura de quatro leitos pediátricos.

Parceria

A doação dos equipamentos é feita em parceria, essa que visa ampliar o acesso a medicamentos e produtos para saúde considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do fortalecimento do complexo industrial do país. O objetivo principal é fomentar o desenvolvimento nacional para reduzir os custos de aquisição dos medicamentos e produtos para saúde que atualmente são importados ou que representam um alto custo para o SUS.

No caso dos monitores e desfibriladores, os equipamentos vêm por meio de um termo de compromisso assinado com a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Segundo o Ministério da Saúde, em 2019 foram adquiridos 828 monitores e 457 desfibriladores para distribuição em todo o Brasil.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Por Júlia Eleutério

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *