GDF recebe 62 milhões para realização de obras de infraestrutura

Dinheiro será dividido em 5 partes e beneficiará diferentes cidades e setores do Distrito Federal.

Foto: Bárbara Cabral

O Governo do Distrito Federal recebeu R$ 62,1 milhões para executar obras de mobilidade, infraestrutura, tecnologia e desenvolvimento. Serão beneficiados com a verba: a Rodoviária do Plano Piloto, as estações 106 e 110 Sul do Metrô, o Trevo de Triagem Norte, Vicente Pires, Sol Nascente e Bernardo Sayão.

O investimento será dividido da seguinte forma: R$ 6,8 milhões para a reforma da rodoviária; R$ 17 milhões para as obras do metrô, referentes às estações 106 e 110 Sul, nas quais serão instalados elevadores e escadas rolantes, e à conclusão da estação Estrada Parque Águas Claras; R$ 8,7 milhões para a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) investir em melhorias nos sistemas de esgotos sanitários, drenagem pluvial e abastecimento de água; R$ 4 milhões para urbanização de Vicente Pires e 1,5 milhão para o programa Pró-Moradia em Sol Nascente.

O restante (R$ 24,1 milhões) será investido em recursos para elaboração de projetos, desenvolvimento de sistemas, aquisição de sistema de gestão de patrimônio, restauração de ciclovia e obras de iluminação pública.

O dinheiro vem de um financiamento de R$ 600 milhões assinado com o Banco do Brasil em 2017. O GDF já utilizou R$ 500 milhões do contrato e, após a liberação dos R$ 62,1 milhões, restarão R$ 37,9 milhões para serem investidos até o final de 2019.

O financiamento estabelecido junto ao banco só pode ser utilizado dentro dos objetivos do Programa de Infraestrutura Urbana e Social. Por isso, ao solicitar a verba desejada, o governo deve prestar contas do dinheiro já gasto e apontar quais serão as obras beneficiadas com o investimento.

Por Breno Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *