DF terá voos diretos para Peru, Paraguai e Chile

Em junho deste ano, a capital também obteve uma nova rota para Cancún, no México

Foto: Vinicius Melo (Agência Brasília)

A população do Distrito Federal ganhou mais três opções de voos internacionais diretos. Além de Cancún (México), os moradores da capital vão ter rotas para Assunção (Paraguai), Lima (Peru) e Santiago (Chile). O objetivo do executivo local é transformar o Aeroporto de Brasília em um grande ponto de ligação do Brasil com outros continentes, além de gerar empregos.

“Vamos procurar mais parcerias com as companhias aéreas para continuar investindo no desenvolvimento do Distrito Federal. Assim, transformando a capital em uma das principais portas de entrada do país”, destacou o vice-governador do DF, Paco Britto, durante a cerimônia de lançamento dos novos destinos na tarde desta quarta (21).

Paco Britto também agradeceu à Câmara Legislativa do DF (CLDF) por ter aprovado a Lei n° 458/219 do Executivo local, que reduz o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

 De acordo com o presidente da companhia aérea LATAM Airlines, Jerome Cadier, a proposta do governo possibilitou as novas operações. “São medidas deste tipo que podem destravar a aviação brasileira e atrair investimentos para mercados realmente sustentáveis”, comenta. 

Segundo a secretária de Turismo Vanessa Mendonça, Brasília ganhou, desde o início deste ano, um novo olhar sob o turismo e que, o aumento de conectividade com outros países da América Latina em tão pouco tempo, demonstra os esforços que o governo tem realizado para fomentar o turismo na capital do país. “Estamos no coração do Brasil, temos um dos melhores aeroportos e temos voos diretos com todas as capitais brasileiras”, ressaltou. 

As novas rotas começam a ser operadas aos poucos. Em 15 de outubro inicia o destino direto para Santiago às terças, quintas e sábados. Em 14 de novembro será a vez do trecho para Lima às segundas, quintas e sábados e em 15 de dezembro a rota de Assunção. A companhia ainda irá detalhar a escala. 

*Com informações da Secretaria de Turismo 

Por Thalita Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *